Assembleia Geral delibera construção da Greve Nacional da Educação rumo à Greve Geral

Assembleia Geral realizada pelo Sinasefe Monte Castelo nesta segunda-feira, 13, na Área de Vivência do Campus decidiu paralisar as atividades na próxima quarta-feira, 15, Dia da Greve Nacional da Educação.

Após a Assembleia do Sindicato, houve Assembleia Estudantil, que também aprovou a construção e participação massiva no movimento (confira abaixo momentos das  duas Assembleias).

Além dos servidores do IFMA, participam trabalhadores da Educação e estudantes das redes municipal, estadual e das universidades.

No Monte Castelo, haverá concentração no Campus às 9h, reunindo também servidores e estudantes do IFMA São José de Ribamar e Maracanã (Centro Histórico realiza Assembleia ao fim da tarde desta seunda-feira e posteriormente será atualizado aqui no site).

De lá, todos seguem ao Centro de São Luís, para já se concentrarem na Praça Deodoro, onde haverá grande ato em defesa da Educação às 15h. Além do ato, todos estão chamados a levarem banners e cartazes de suas pesquisas, para uma grande mostra científica no centro da capital maranhense, contrariando o que o ministro da Educação classifica de balbúrdia o que acontece nos institutos federais, escolas e universidades públicas.

Além de protestarem contra os cortes no setor e contra a perseguição aos trabalhadores da Educação, as atividades desta quarta-feira já são uma preparação à Greve Geral do dia 14 de junho para barrar a contrarreforma da Previdência.

Além de São Luís, o Sindicato orienta a categoria a participar da mobilização do dia 15 em todas as cidades onde deve ocorrer, a exemplo das cidades de Pinheiro, Zé Doca, Grajaú, Timon, Rosário, São João dos Patos, Buriticupu, Porto Franco, Bacabal e São Raimundo das Mangabeiras, onde já estão previstos atos. Todos e Todas à Luta!