Sinasefe Monte Castelo convoca para atividades do Dia Nacional de Luta em defesa da Previdência Pública

O Sinasefe Monte Castelo convoca toda sua base a participar das atividades desta quarta-feira, 20, em defesa da previdência Pública.

Nesta data está prevista a entrega da proposta de reforma da Previdência pelo governo ao Congresso Nacional. Nela estão previstos ataques mais duros à aposentadoria tanto no setor público quanto no privado – os trabalhadores do setor público estão entre os mais atingidos, com aumento da idade limite para aposentadoria, aumento de alíquotas de contribuição e instituição de regime de capitalização, que nada mais é que a destruição do sistema público e entrega das aposentadorias aos bancos.

Essas são propostas que a equipe econômica deu a entender que incluiria no projeto, em informações que chegaram à imprensa, ainda que nem a base de apoio do governo tenha tido conhecimento antecipado do que será efetivamente colocado em tramitação.

A avaliação que as organizações dos trabalhadores têm feito é que será preciso um grande esforço da classe, de forma unificada, para deter esse ataque. Foi nesse sentido que a Reunião Plenária Nacional do Sinasefe realizada no último final de semana também deliberou, indicando a participação nas atividades a serem convocadas de forma conjunta.

Nesse sentido, esta quarta-feira também será marcada pela retomada das mobilizações em defesa das aposentadorias.

A Seção Monte Castelo convoca sua categoria para participar das atividades previstas:

– pela manhã, panfletagem no Campus Monte Castelo convocando ao ato unificado de centrais e movimentos sociais a partir das 16h na Praça Deodoro, Centro de São Luís;

– às 16h, ato unificado na Praça Deodoro contra a reforma e em defesa da Previdência.

Atividades acontecerão em diversas partes do país: em São Paulo, às 10h, centrais e movimentos se reúnem na Praça da Sé: será a Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora contra a reforma da Previdência e em defesa da aposentadoria.

Em São Luís, a atividade é organizada pelo conjunto das centrais sindicais, entre elas a CSP Conlutas, a qual o Sinasefe Nacional e a Seção Monte Castelo são filiados, e diversos movimentos sociais, na retomada da unidade nas lutas para barrar os diversos ataques que vêm sendo anunciados pelo governo: reforma trabalhista mais dura que a já aprovada por Temer, perseguição à Educação e aos educadores, e outros ataques, como a reforma que deve começar a tramitar esta semana.

Todos e todas à luta!